W.S Locações
Carregando pesquisa personalizada...
/ noticias / Geral
Domingo, 01 de Novembro de 2015 às 21h02

Mercedes passeia e Rosberg vence na volta do GP do México; Massa é sexto

Julianne Cerasoli Do UOL, na Cidade do México (
Tamanho da Fonte
+  -

A expectativa de uma corrida de sobrevivência devido à baixa aderência e à possibilidade de quebras não se confirmou e o grande público que lotou o circuito Hermanos Rodriguez para o retorno do GP do México após 23 anos assistiu a um passeio das Mercedes. Mesmo tendo o companheiro Lewis Hamilton próximo por toda a prova, Nico Rosberg se segurou na ponta e venceu. Valtteri Bottas, da Williams, foi o terceiro.

Entre os brasileiros, Felipe Massa foi o sexto colocado e Felipe Nasr abandonou, com problemas nos freios.

"Foi um dia incrível, tive uma grande batalha com Lewis, que pilotou muito bem. Estoumuuito feliz coma vitória. Que lugar incrível para consegui-la, em frente a uma torcida fantástica", afirmou Rosberg

Apesar da pressão de Hamilton, Rosberg manteve a ponta na largada. Mais atrás, Vettel tocou-se com Ricciardo e teve um furo no pneu, caindo para último. Kvyat, então, pulou para terceiro, seguido pelo companheiro de Red Bull e por Bottas. O finlandês e Felipe Massa protagonizaram um forte duelo na primeira volta, e Verstappen se aproveitou para superar o brasileiro. Perez, Sainz e Hulkenberg completavam o top 10 e Felipe Nasr manteve o 15º lugar.

Hamilton não deixou Rosberg escapar, andando a cerca de um segundo do companheiro nas primeiras voltas. Ambos abriram rapidamente uma vantagem para Kvyat.

Logo na volta 8, Bottas foi o primeiro a parar, colocando pneus médios. Massa entrou logo em seguida. Com pilotos tendo muita dificuldade com o desgaste e outros com pneus novos, a corrida ficou mais movimentada no meio do pelotão, enquanto as Mercedes continuavam com sua briga particular, com a diferença ficando na casa de 1s5.

Fazendo uma corrida de recuperação e andando em um ritmo semelhante ao das Mercedes, Vettel cometeu um erro e rodou. O alemão não tocou no muro e conseguiu retornar à prova, mas em 15º.

'Vingança' de Bottas

Na volta 23, os finlandeses Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas voltaram a se estranhar enquanto brigavam pelo sexto lugar. Diferentemente do que ocorreu no toque dos dois na última volta do GP da Rússia, desta vez foi Raikkonen quem abandonou, em uma batida que foi considerada acidente de corrida.

Com a parada de Verstappen e dos pilotos da Red Bull, já depois da volta 20, a estratégia da Williams funcionou, pelo menos naquele momento: Bottas e Massa subiram para quarto e quinto. Porém, havia a possibilidade de que os rivais diretos do time inglês não parassem mais. Assim, após os primeiros pit stops, Rosberg liderava, seguido por Hamilton, Kvyat, Bottas, Massa, Ricciardo, Hulkenberg, Verstappen, Sainz e Perez. Felipe Nasr era o 16º.

Por ter parado duas voltas depois de Rosberg, Hamilton perdeu tempo e a diferença entre os dois subiu para cerca de 3s. Mas a vantagem das Mercedes era tanta que, apenas como precaução, os dois pilotos ainda fizeram outra parada - apesar de Hamilton ter questionado a estratégia.

Instantes depois de Massa ter sido ultrapassado por Ricciardo, na briga pelo quinto lugar, Vettel bateu e provocou a entrada do Safety Car. Com isso, a maioria dos pilotos fez sua troca e as estratégias se misturaram, com alguns pilotos, como as Mercedes e as Williams, com os pneus duros, e as Red Bull com os macios. 

Na relargada, Rosberg liderava, seguido por Hamilton, Kvyat, Bottas, Ricciardo, Massa, Hulkenberg, Perez, Verstappen e Grosjean. Nasr abandonou assim que o carro de segurança saiu da pista, com problemas nos freios, enquanto Bottas logo foi para cima e ultrapassou o russo, subindo para o terceiro posto. Nas últimas voltas, Hamilton tentou ensaiar uma pressão para cima de Rosberg, mas o alemão demonstrou um ritmo superior. 

Com o resultado, Nico Rosberg ultrapassou Sebastian Vettel na luta pelo vice-campeonato e abriu 21 pontos, com duas corridas para o final. O título já foi decidido na corrida anterior, nos Estados Unidos. A próxima etapa do campeonato será disputada em duas semanas, no GP do Brasil.

Classificação final

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 71 voltas
2. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - a1s9
3. Valtteri Bottas (FIN/Williams) - a 14s5
4. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) - a 16s5
5. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - a 19s6
6. Felipe Massa (BRA/Williams) - a 21s4
7.  Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - a 25s8
8.  Sergio Perez (MEX/Force India) - a 34s3
9. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - a 35s2
10. Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 37s9
11. Pastor Maldonado (VEN/Lotus) - a 38s5
12. Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - a 40s1
13. Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) - a 48s7
14. Jenson Button (ING/McLaren) - a 49s2
15. Alexander Rossi (EUA/Manor) - a 2 voltas
16. Will Stevens (ING/Manor) - a 2 voltas

NÃO COMPLETARAM

Felipe Nasr (BRA/Sauber) 
Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 
Fernando Alonso (ESP/McLaren)



Deixe seu comentário:

Publicidade
Publicidade

mais sobre Geral

21h01 - 01/11/2015
20h50 - 25/10/2015
Britânico alia talento e sorte, se aproveita de erro de companheiro e conquista título com três etapas de antecedência. Vettel fecha pódio. Massa quebra, e Nasr fica em 9º
08h59 - 25/10/2015
09h02 - 11/01/2015
Rubro-Negro baiano precisava apenas de empate para seguir na competição. Próximo adversário está definido: o Coritiba ficou em 1º lugar no grupo M
20h57 - 07/01/2015

© Copyright 2017 Todos os direitos reservados
Diário Bragantino - Oque a Região Bragantina quer saber! Atibaia - Bom Jesus dos Perdões - Bragança Paulista - Jarinu - Joanópolis - Nazaré Paulista - Piracaia - Vargem - Brasil - Esportes - Mundo